vida fácil

quinta-feira, 28 de outubro de 2010
0 comentários
Vá ao google maps, em "Como chegar", direcione: Japão até China e leia a instrução 43. Fácil, fácil... :D
Mais informações »

mimo

quarta-feira, 27 de outubro de 2010
1 comentários

Um mimo pra me despedir dos aluninhos da Sexta Série do Chicão! Foi uma delícia trabalhar com a galerinha! :D
Mais informações »

all in

segunda-feira, 25 de outubro de 2010
2 comentários

Decepção Vontade Sede Medo Presente Amizade Agrado Saudade Novinho Tranquilidade Tristeza Gastura Facilidade Desistência Lágrima Paciência Dedicação Aventura Desleixo Novidade Surpresa Gostinho Alívio Necessidade Ódio Ambição Tom Supérfluo Machismo Reflexão Sorriso Desinteresse Bondade Coragem Essência Perdão Amadurecimento Confissão Maldade Sensibilidade Agressão Posse Herança Textura Bobagem Antigo Cheirinho Admiração Criatividade Consumo Preciosidade Ócio Curiosidade Ansiedade Fome Dificuldade Angústia Malícia Despreparo Proteção Ideologia Aconchego Preparação Satisfação Grosseria História Feminilidade Feminismo Cuidado Indignação Preocupação Invasão Cautela Paixão Delicadeza Proteção Confusão Excesso Disposição Persistência

Mais informações »

Flores

0 comentários
Há algum tempo tento encontrar explicações pra alguns fatos que ocorreram e ocorrem há dois anos, ou mais.

Voltamos de Londres e tudo está diferente, parece até que aterrissamos em uma Maringá diferente. Parece que eu aterissei em uma vida diferente da que eu tinha antes. Uma vida cheia de novas oportunidades, novas ideias, novos caminhos a serem seguidos, novos caminhos que foram, de fato, seguidos.

Nesses (quase) dois anos pós-Londres, algumas coisas me chatearam, como a incompreensão de um quadro que se fixou e nunca mais voltará a ser o mesmo. E, por mais que os motivos estejam óbvios e tão bem determinados, eu não compreendo. Não compreendo como amizades, amores, respeito e outras coisas podem se esfarelar tão facilmente e sem esforço algum...

No entanto, a cada dia que passa, eu me convenço mais de que era a gente que tava forçando a barra... tentando juntar pecinhas de um quebra-cabeças já totalmente desestruturado e sem possibilidade de conserto. Nesse esforço, pagamos o pato. Nos distanciamos de pessoas (que sempre foram) importantes e conflitos inúteis e desgastantes ocorreram.

Eu tenho dificuldades pra aceitar certas coisas... Ainda me dói no peito e meu ar falta por coisas que eu nem deveria me preocupar... eu sei que as pessoas por quem eu me importo estão bem e não ligam pra tudo isso (ou fingem que não ligam).

Enfim... eu estou escrevendo toda essa bad trip por um motivo muito específico. Eu não sei o que está acontecendo nas últimas semanas comigo, mas se eu acreditasse em aura ou qualquer coisa do tipo eu diria que a minha está péssima... e eu não vou deixar que isso me aborreça mais. Chega... o mês da aura pesada acaba aqui, neste ponto final.

Diante de tantas coisas confusas neste post (que uma dúzia de pessoas vão entender), há de se deixar claro que, apesar dos pesares, eu tive dois anos muito felizes e de muito sucesso profissional, amoroso e com amizades antigas.

Mas em especial, o que marcou muito esses dois anos foi a presença de duas pessoas na minha vida. Duas amigas maravilhosas que fiz e que valem mais do que qualquer conflito. Essas "flores" que brotaram do nada (eu ainda não sei como a gente nunca se topou) surgiram como um presente. Meninas que estiveram o tempo todo ao meu lado, me auxiliaram em importantes decisões na vida (sérião, como diz o Rafa) e que sempre dialogaram com uma franqueza que eu jamais vira antes.

Pra variar, eu to atrasada com uma porção de coisas e, neste momento to saindo voando pro colégio onde faço estágio e, por isso, vou deixar incompleto este post. O que é muito simbólico, diante do que está acontecendo e, que desta vez somente três pessoas irão me compreender...

O fato é... flores, vocês valem muito pra mim. Muito mais do que pensam. (ou do que eu demonstro)

;***






Mais informações »

A CORAGEM CONTRA A CENSURA

sexta-feira, 22 de outubro de 2010
0 comentários


Mais informações »

O que essa Globo tem?

0 comentários

Deixa eu contar um segredinho pra vocês... Vocês não podem confiar nesses caras... ok? Mas fica aqui... entre nós!

:]


Mais informações »

Literatura em uma tarde alegre...

quinta-feira, 21 de outubro de 2010
1 comentários

Com a leitura gostosa e criativa da Márcia até o Cesão e a Belinha foram conferir as "Memórias de um burro brasileiro"
Mais informações »
1 comentários
Tarde decilinha ontem com minha amiga! ;*


Ah, se todas as tardes fossem agradáveis e tranquilas!


Ontem nos comportamos como ladies e lord... Como se não houvesse nada a ser feito.


Tudo bem! Papai do céu perdoa!



Agora, mãos à obra.

(É o terceiro post que eu tento focar. Hoje vai!)


Mais informações »
quarta-feira, 20 de outubro de 2010
0 comentários

sentindo a dispersão chegar, diversos atrativos e clamores, fechemo-nos a eles e voltemos ao que interessa.
Mais informações »
1 comentários

pilhas e pilhas de coisas pra fazer.

e fazendo nada.

ajuda.
Mais informações »
terça-feira, 19 de outubro de 2010
0 comentários

Olhos arregalados, fitados no escuro e profundo inconsciente. Para onde vamos quando sonhamos acordados? Como entender tamanha força que ensurdece ouvidos tão sadios? Que anestesia corpos tão sensíveis? Que paralisa a visão tão criativa?

Perturbam-me os motivos que me levam nessas viagens que me tiram tempo produtivo do dia.

Não me permito mais. Por dois minutos proíbo-me de desfocar meus olhos pra caprichos tão irrelevantes.

Falho.

Mais informações »
 

outros ares

Tecnologia do Blogger.

você por aqui?

Ocorreu um erro neste gadget
 

© 2010 Prisci's thoughts